Menu fechado

Veja como fazer para declarar no Imposto Renda carro financiado

Veja como fazer para declarar carro financiado no Imposto Renda

Veja como fazer para declarar no Imposto Renda carro financiado. Quem está obrigado a fazer a declaração do Imposto de Renda 2020 precisa incluir todos os bens que estão em seu nome, como carro e casa. Quem tinha bens acima de R$ 300 mil em 31/12/2019 está obrigado a declarar.Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Desde 2018, a Receita passou a exigir um maior detalhamento das informações. No caso do carro, é preciso informar também o número do Renavam, que é o Registro Nacional de Veículos Automotores e funciona como se fosse o RG do carro.

IR: Saiba como declarar os saques do FGTS(Abre numa nova aba do navegador)

É possível encontrar o número do Renavam no documento do veículo:

O Renavam é o número que identifica o veículo

Veja como declarar o carro financiado:

Abra o programa da declaração do IR 2020. Depois, abra a ficha “Bens e Direitos” e criar um novo item sob o código 21 – veículo automotor terrestre – caminhão, automóvel, moto, etc.”

Como Segurado consegue o extrato do INSS para o Imposto de Renda?(Abre numa nova aba do navegador)

Reprodução do programa do IR 2020

Na ficha Bens e Direitos, linha 21, preencha os dados do veículo.

Preencha a localização de onde está o veículo (se no Brasil ou outro país).

No campo “Renavam”, informe o número do Registro Nacional do veículo.

Na coluna “Discriminação”, informe de quem comprou o carro (nome, CPF ou CNPJ). Informe ainda quem financiou o carro, número de parcelas, nome e CNPJ do banco.

Deixe em branco o campo Situação em 31/12/2018 (caso ainda não tivesse o veículo) ou repita o valor informado nesta data na declaração do ano passado.

Veja também:  Aprenda Como Fazer uma Receita Simples de Cocada Cremosa

Preencha o campo “Situação em 31/12/2019” com os valores efetivamente pagos até esta data. Se começou a financiar o carro em 2018, some o valor das parcelas pagas em 2019.

Não informe financiamento em “Dívidas”

Um aviso importante: não informe financiamento na ficha “Dívidas e ônus reais”. Segundo orientação da Receita Federal, o financiamento deve ser informado somente na ficha de “Bens e Direitos”, no campo próprio destinado ao bem adquirido, aumentando, ano a ano, seu custo de aquisição até que seja quitado.

INSS: Extratos de rendimentos para o IR 2020(Abre numa nova aba do navegador)

Fonte: R7 -Sophia






Artigo Original

Se você tem alguma dúvida sobre o universo Uber e demais aplicativos de transporte, conheça nosso parceiro: Mundo Uber

Deixe uma resposta