Menu fechado

Se proteja Coronavírus fabricando máscaras caseira: Aprenda como fazer

Se proteja Coronavírus fabricando máscaras caseira: Aprenda como fazer

Se proteja Coronavírus fabricando máscaras caseira: Aprenda como fazer. O Ministério da Saúde divulgou um manual para as pessoas fazerem as suas próprias máscaras de tecido. O texto reforça a indicação para o uso de máscaras para quando a população for sair de casa. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

“Além de eficiente, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor” – diz o manual divulgado pelo Ministério da Saúde.

O Ministério disse, ainda, que vai fazer uma campanha virtual para incentivar a população a fazer as próprias máscaras de pano.

Serviços do INSS disponibilizados para acesso online(Abre numa nova aba do navegador)

A nota afirma que, para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir as seguintes especificações:

  • Ter pelo menos duas camadas de pano
  • Ser individual.
  • Serem feitas com algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos
  • Devem ser bem higienizadas (o ministério indica água e sabão ou água sanitária)
  • Serem feitas nas medidas corretas: cobrindo totalmente a boca e nariz e serem bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

Principais dúvidas das pessoas sobre o novo Coronavírus(Abre numa nova aba do navegador)

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que a máscara caseira faz uma barreira tão eficiente quanto as outras máscaras. “A diferença é que ela tem que ser lavada pelo próprio indivíduo para que se possa manter o autocuidado. Se ficar úmida, tem que ser trocada”.

“Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 20 minutos. E nunca compartilhar, porque o uso é individual. Máscaras de pano para uso comunitário funcionam muito bem e não são caras de fazer” – Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde.

Máscaras estilizadas no combate à pandemia — Foto: Mirella Brandão/Aruivo pessoal
Máscaras estilizadas no combate à pandemia — Foto: Mirella Brandão/Aruivo pessoal

Máscaras estilizadas no combate à pandemia — Foto: Mirella Brandão/Aruivo pessoal

Veja também:  SOZINHO - Caetano Veloso (aula simplificada) | Como tocar no violão [Vídeo]

Veja as dicas do Ministério:

  • Em primeiro lugar, é preciso dizer que a máscara é individual. Não pode ser dividida com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa etc. Então se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras;
  • A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano;
  • Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face;
  • Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;
  • Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar;
  • Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária. Deixe de molho por cerca de dez minutos;
  • Para cumprir essa missão de proteção contra o coronavírus, serve qualquer pedaço de tecido.

Todos devem usar máscara de tecido

Postos de saúde em todo país registram falta de vacinas contra gripe(Abre numa nova aba do navegador)






Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *