Menu fechado

PASTEL DE NATA PODCAST #3 | SER UBER EM PORTUGAL, COMO É? VALE A PENA? | POR PATI LEMOS [Vídeo]

Veja aqui no site Como Fazer o vídeo “PASTEL DE NATA PODCAST #3 | SER UBER EM PORTUGAL, COMO É? VALE A PENA? | POR PATI LEMOS”, postado no Youtube por Vou Mudar Para Portugal com duração de 24:11:



A descrição do vídeo é de total responsabilidade do autor:

PASTEL DE NATA PODCAST #3 | SER UBER EM PORTUGAL, COMO É? VALE A PENA? | POR PATI LEMOS

Sou carioca, mãe de gêmeos e mudei para Portugal com os filhos, marido, mãe de 80 anos, além da Thai, a nossa vira-lata predileta.

O meu amor por este país me fez criar a Portugal Sua Casa, uma consultoria que presta uma assessoria totalmente personalizada para famílias que vêm viver em terras lusitanas e querem fazer a mudança de forma segura e tranquila.

Uma mudança tão grande como essa, talvez a maior de nossas vidas, não admite erros.

Por isso compartilho minhas experiências com pessoas que desejam traçar o mesmo caminho que escolhi para viver neste pequenino mas belo país.

SAIBA MAIS:
INSTAGRAM: @voumudarparaportugal
https://www.instagram.com/voumudarparaportugal/?hl=pt
FACEBOOK: https://www.facebook.com/profile.php?id=100039132407233
QUER CONVERSAR? contato@voumudarparaportugal.com

Obs: Você tem todo o direito de expressar sua opinião, desde que não invada os direitos dos outros, seja agressivo, ofensivo, preconceituoso e racista. Comentários com o único objetivo de ofender a autora ou a comunidade do Vou Mudar para Portugal serão apagados.

Ver no Youtube

O que achou do vídeo? Deixe sua opinião! 🙂

Se você tem alguma dúvida sobre o universo Uber e demais aplicativos de transporte, conheça nosso parceiro: Mundo Uber

Veja também:  O Ukulele | COMO TOCAR UKULELE (aula 1) [Vídeo]

4 Comentários

  1. Carlos De Jesus

    Prova que o turismo em Portugal está cada vez mais forte: mais de 7 mil milhões (7 biliões no português do Brasil) de euros em receitas turísticas nos primeiros seis meses deste ano, ou seja um aumento de 6,5 % em relação ao mesmo período do ano passado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *