Menu fechado

Manual: como montar um (bom) currículo?

Manual: como montar um (bom) currículo?

O que escrever? Quantas páginas ele deve ter? E o meu LinkedIn? Calma: tem resposta para tudo.

 (@breezespacegirl/Superinteressante)

Venda o peixe…

No começo, logo após as informações de contato, já inclua uma breve seção que resuma suas realizações: metas alcançadas, prêmios etc. Cite números, se possível. Passa uma impressão melhor que apenas descrever quais foram suas funções nas empresas pelas quais você passou.

 (@breezespacegirl/Superinteressante)

…Conforme o gosto do freguês

Crie um modelo básico que possa ser alterado de acordo com a vaga. Para isso, pesquise a cultura da empresa e o que ela espera dos candidatos. Assim você pode mudar a hierarquia das informações, dando mais destaque ao que interessa naquele processo seletivo.

 (@breezespacegirl/Superinteressante)

Seja conciso, mas não em excesso

O currículo não precisa  ter só uma página. Espremer o conteúdo passa uma impressão ruim. Com duas ou três páginas, o que importa é não entrar informação supérflua. Use tipografias básicas, não abuse de negrito e itálico e dê respiros entre as seções.

 (@breezespacegirl/Superinteressante)

Peça ajuda

Não confie só no corretor automático e peça para um amigo conferir erros ortográficos. No processo, o leitor cobaia também pode detectar um erro de edição mais profundo – como um trecho de texto que você acha bem-escrito, mas que na verdade  está confuso.

Etiqueta do LinkedIn

Oi, sumida…

Não acesse a rede apenas quando estiver desempregado: tem que fazer média com os contatinhos. Mantenha o perfil atualizado, curtindo, comentando e publicando.

Faça o workaholic

Evite fotos muito pessoais na capa do seu perfil, e dê cor a ele: inclua gráficos, relatórios, vídeos e outros conteúdos que ilustrem sua trajetória profissional.

Veja também:  Como usar vídeos para engajar os funcionários

Não atire para todo lado

Faça curadoria das solicitações de amizade – evite pessoas que pertencem a outras esferas da sua vida. Siga empresas em que você almeja trabalhar.

Capriche no resumo

Vale aqui o que vale para o currículo em PDF: em vez de só listar as empresas pelas quais passou, destaque suas conquistas, também embasadas por números.

Fontes: sites Exame, Forbes, Na Prática e Harvard Business Review.

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *