Menu fechado

Mãe dá à luz ‘gêmeos’ concebidos com 3 semanas de diferença; entenda como isso é possível – Revista Crescer

Mãe dá à luz 'gêmeos' concebidos com 3 semanas de diferença; entenda como isso é possível - Revista Crescer

Gêmeos foram concebidos com semanas de diferença (Foto: Reprodução/Daily Mail/Mercury Press & Media)

Gabriella Christmas, uma mãe de 30 anos que mora em Bedfordshire, na Inglaterra, contou ao Daily Mail que seus filhos gêmeos foram concebidos com três semanas de diferença e ela teve uma gravidez dupla. “Eles são gêmeos porque nasceram no mesmo dia e têm os mesmos pais genéticos, mas foram duas gestações diferentes que aconteceram ao mesmo tempo”, explicou ela.

Durante a gravidez, os médicos descobriram que Gabriella tinha sido acometida por um fenômeno raro chamado superfetação, que ocorre em apenas 0,3% das mulheres e permite que dois bebês se desenvolvam em estágios diferentes na mesma gestação. “Foi muito difícil entender o fato de que eu engravidei enquanto já estava grávida”, contou.

LEIA TAMBÉM: Gravidez em dose dupla: mãe revela que concebeu seus bebês com 9 dias de diferença

Gabriella fez um exame de ultrassom com 5 semanas de gravidez, que detectou que havia um bebê e uma “sombra” muito pequena, que talvez fosse outro bebê. Em novo exame feito com 12 semanas de gestação, os médicos ficaram preocupados porque perceberam que havia dois bebês, um bem maior do que o outro, que podiam estar compartilhando a mesma placenta.

“Fomos a um especialista neonatal que disse que havia duas placentas e duas gestações completamente diferentes. O segundo bebê estava três semanas atrasado em seu desenvolvimento porque era três semanas mais novo”, contou Gabriella.

A mãe relatou que, apesar de ter engravidado do “gêmeo mais novo” três semanas depois, os dois nasceram no mesmo dia, em julho de 2018. Eduardo, que foi concebido primeiro, nasceu pesando aproximadamente 2,8 kg, quase 1 kg a mais que seu irmão, Ezra, que pesava cerca de 1,9 kg. “Eles eram muito diferentes quando nasceram. Ezra era bem menor, então eu tive que comprar roupas para gêmeos em tamanhos diferentes”, lembra.

+ Mãe engravida estando grávida e bebês nascem com mais de 1 kg de diferença

Segundo o relato, os médicos temiam que o bebê mais novo precisasse ser encaminhado para a UTIN (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal) porque nasceria prematuro. Mas para o alívio da mãe, os dois bebês nasceram saudáveis.

Os irmãos, agora com 2 anos, se consideram gêmeos porque nasceram no mesmo dia, mas não são gêmeos do ponto de vista médico porque são o resultado de duas gestações distintas ocorridas ao mesmo tempo. Gabriella relatou que muitas pessoas ainda não acreditam que os irmãos sejam gêmeos, por causa da diferença de tamanho.

“Eu não sabia que era possível engravidar durante a gravidez e acho importante que as mulheres saibam que isso é possível”, declarou a mãe.

Quer ter acesso a conteúdos exclusivos da ​Crescer? É só clicar aqui e assinar!​

Artigo Original

0 0 voto
Deixe sua nota! :)
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Sua opinião é importante para nós! ❤x
()
x