Menu fechado

Imposto de Renda 2020: Como fazer a declaração em meia hora?

Imposto de Renda 2020: Como fazer a declaração em meia hora?

O prazo para declaração do Imposto de Renda 2020 termina hoje, 30 de junho. Quem não fizer a declaração dentro do prazo pode pagar multa que varia de R$ 165,74 a até 20% do imposto devido no ano. A declaração pode ser enviada até às 23h59.

Com a documentação básica em mãos, é possível fazer a declaração em cerca de 30 minutos. Entre os principais documentos que devem estar em mãos estão dados básicos da casa própria, conta bancária, recibos de escola dos filhos e gastos com médico.

Baixe o programa do IR 2020 no site; o programa de 2019 não pode ser reutilizado este ano. Em seguida, preencha a ficha inicial, de identificação. São pedidos informações como nome, CPF e endereço. Se a declaração de 2019 foi feita no mesmo computador atual, as informações do IR do ano passado podem ser importadas de forma automática. Ao abrir o programa atual, ele pergunta se quer importar os dados passados.

Título de eleitor e número do recibo da declaração do IR 2019 não são obrigatórias. Em seguida, abra a ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de PJ” e informe salário ou aposentadoria. A partir dos 65 anos, aposentados e pensionistas têm parcela isenta, na ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.

Você Pode Gostar Também:

Em “Pagamentos Efetuados”, devem ser informados gastos com saúde e educação. Cada tipo de despesa tem um código. Dinheiro de carro, imóvel próprio e conta-corrente é preenchido em “Bens e Direitos”.

Quem ainda não tem todos os dados pode enviar o Imposto de Renda incompleto e retificar posteriormente. Porém a retificação não permite que o modelo de tributação seja modificado. Ou seja, ao enviar a declaração em modelo completo ou simplificado, mesmo se retificado, ele não poderá ser alterado.

Veja também:  COMO CANCELAR O PLANO DO ICLOUD. [Vídeo]

Antes de enviar, verifique todas as informações. Verifique se foram encontradas pendências. As pendências vermelhas impedem o envio da declaração. As amarelas, não. Caso haja imposto a ser pago, o programa informará o valor.

As cotas podem ser parceladas em até oito vezes, mas com cobrança de juros. A primeira parcela, que pode ser a única, deve ser paga nesta terça-feira, 30 de junho.

Artigo Original

Deixe uma resposta