Menu fechado

Guia rápido, como abrir uma empresa no Simples Nacional – Jornal Contábil

400

Por se mostrar um modelo de empresa muito mais atrativo e menos burocrático que outros existentes, o Simples Nacional se torna um assunto de interesse de grande parte dos empresários que querem abrir uma empresa.

Resumindo, o Simples Nacional foi criado pelo governo federal para auxiliar as microempresas a se formalizarem. O principal ponto desse modelo de empresa está na unificação da guia de contribuições e as alíquotas menores.

Em prática, qualquer empresa de pequeno porte pode optar pelo Simples Nacional, desde que seu faturamento anual não ultrapasse os R$ 4,8 milhões por ano e não esteja entre as vedações do art. 17, da Seção ll, da Lei Complementar 123, de 2006.   

É importante também que aqueles que são MEIs, fiquem de olho, pois o limite anual de faturamento é de R$ 81 mil, após isso o empresário já precisa fazer a abertura de empresa no Simples Nacional.

Como abrir uma empresa no Simples Nacional

O processo para abrir uma empresa no Simples, em essência, é prático e você precisa seguir alguns passos.

1.      Escolher o porte e atividade da empresa

Para abrir uma empresa no Simples, você vai precisar, primeiramente, definir qual a atividade que sua empresa irá exercer, de acordo com a tabela de CNAEs permitidos para o Simples Nacional.

Em seguida, precisará definir o porte, se Microempresa (ME) – com faturamento anual inferior a R$ 360 mil – ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) – com faturamento anual superior a R$ 360 mil.

2.      Formalizando a empresa

Após decidir o porte e atividade da empresa, é hora de formalizar seu negócio.

Para isso:

1 – Escolha um contador para te auxiliar nesse processo, é de suma importância.

Veja também:  como fazer este prato típico da culinária mineira, veja receita

2 – Reúna as principais informações sobre o seu negócio, registros e documentos.

3 – Levante as taxas de abertura da empresa no Simples Nacional.

4 – Faça o contrato social.

5 – Protocole os documentos na Junta Comercial.

6 – Crie o CNPJ da empresa.

7 – Solicite o alvará de localização e funcionamento da Prefeitura da cidade no qual a empresa está localizada.

8 – Caso precise, faça a inscrição estadual.

9 – Solicite licenças e inscrições nos órgãos de regulação.

10 – Defina sua senha Web e Inscrição Municipal e solicite a aprovação do Simples Nacional. 

Dica para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda, SPED e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Com informações Terceirização Contábil

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *