Menu fechado

Como usar vídeos para vender mais em Mídias Sociais

Como usar vídeos para vender mais em Mídias Sociais
Banner Benedita Vaz Massoterapeuta
Banner Guia Gastronômico
Banner Espaçamento

Por: Diego Andrade

O uso de vídeo para vendas em mídias sociais não é mais algo restrito aos mercados B2C.

A maioria de nós já viu mais vídeos aparecendo em nosso feed do LinkedIn, Instagram ou Facebook e essas interações são muito importantes.

A Wordstream realizou uma pesquisa e descobriu que 59% dos executivos preferem assistir a um vídeo do que ler texto.

E o LinkedIn afirma que as campanhas em vídeo têm uma incrível taxa de visualização de 50%.

A tendência do vídeo reflete o que muitos vendedores já conhecem – é muito mais fácil se envolver com clientes em potencial quando eles podem ver a pessoa por trás do nome.

O uso de vídeo em vendas em mídias sociais funciona melhor quando é autêntico e dirigido por funcionários.

De fato é o conteúdo criado e compartilhado pelos especialistas técnicos da sua empresa é que tem os melhores resultados.

Em 67%, supera a dos CEOs (47%) e do conteúdo jornalístico (36%).

Mas o vídeo autêntico é apenas um aspecto da venda social eficaz. Vídeos virais que geram leads (não apenas visualizações) devem ser vinculados a uma estratégia geral de conteúdo.

Banner Espaçamento

Vendas sociais estratégicas: os melhores vídeos para cada estágio do funil de vendas

Atualmente, o funil de vendas tradicional está desatualizado e há uma mudança para a abordagem do “volante” criada pelo Hubspot.

Vendas, marketing e serviços ao cliente precisam ser realimentados em cada estágio.

Isso ajuda a criar a força do conteúdo autêntico e de qualidade, impulsiona o momento e elimina o atrito nas vendas.

O conteúdo precisa ser cuidadosamente alinhado a cada estágio da jornada do comprador.


Atração

74% dos compradores escolhem o fornecedor que foi o primeiro a agregar valor e insights de acordo com as visões corporativas.

Veja também:  Como investir em dólar | Portal do Bitcoin

Para atrair clientes em potencial, crie vídeos com valor educacional e informações do setor, como:


Como fazer / explicadores

Ajude a orientar as perspectivas através dos pontos problemáticos que elas têm diariamente. Você deve procurar vídeos curtos de “alto nível” (sem perder o “informativo”). Vídeos de vendas e funcionários voltados para o cliente funcionam melhor aqui, pois lidam com os problemas todos os dias.


Vídeos “baseados em opinião” sobre liderança de pensamento

O vídeo é um meio perfeito para opiniões sobre áreas tópicas ou controversas da sua fonte mais confiável – seus especialistas técnicos. Mas você não precisa limitar isso a seus próprios funcionários. Entre em contato com sua rede de parceiros e grave conteúdos de terceiros.


Vídeos dos bastidores

Há um papel para vendas e marketing neste espaço. Muitos dos vídeos mais autênticos são criados a partir de funcionários “fora do palco”. No entanto, vídeos produzidos profissionalmente que mostram trechos do dia a dia de funcionários também funcionam muito bem.


Engajar

89% dos compradores de B2B afirmaram que os fornecedores vencedores “forneceram conteúdo que facilitou a exibição do ROI e/ou a criação de um caso de sucesso para a compra”. Relatório de pesquisa publicado em 2017 pela DemandGen.

Agora é a hora de fornecer ainda mais valor e conteúdo de vídeo detalhado para orientar os clientes em potencial no processo de compra. O conteúdo deve equilibrar:

– Ajudar os possíveis clientes a decidir que sua solução fornecerá ROI / mostrar case de sucesso.

– Lembre-se da regra 60-30-10: apenas 10% de suas postagens sociais devem ser autopromocionais. Ou seja, evite vender o tempo todo.


Depoimentos

A prova social é uma ferramenta poderosa e os depoimentos em vídeo são muito mais autênticos do que qualquer texto. Garanta que seus clientes se concentrem nas especificidades de por que você é ótimo.

Veja também:  Diabetes: Como Usar Folhas De Louro Para Controlar Os Níveis De Glicose | Click Bahia

Estudos de caso

Conte a história do seu cliente do ponto de vista deles, incluindo os pontos iniciais problemáticos até os resultados (e as estatísticas para respaldar isso). Você revelará sutilmente seus benefícios de produtos ou serviços e de uma maneira muito mais compreensível!


Demonstrações de produtos ou serviços

“Demonstrações de produtos são as ferramentas de poder da venda. Eles permitem que um cliente em potencial veja, sinta e ouça como suas vidas e negócios serão diferentes se comprarem o produto”.

Muitas empresas ocultam estudos de caso por trás de um formulário de inscrição, com muito medo de perder leads.

No entanto, o consumidor de hoje exige transparência, portanto, não tenha medo de compartilhar demos de vídeo nas mídias sociais.

Você deveria estar animado com isso! Basta olhar para o número de visualizações que as demos do YouTube obtêm.


Converter

As empresas mais bem-sucedidas conhecem o poder do boca a boca e repetem negócios nas redes sociais. Felizmente, as mídias sociais tornam muito mais fácil reconectar e oferecer valor repetido aos clientes.


Demonstrações em vídeo detalhadas

Geralmente, é muito mais fácil demonstrar como resolver problemas complexos e específicos por vídeo.


Entreviste clientes e ofereça Insights poderosos

Fazer isso não atrai apenas clientes em potencial – ele lisonjeia e encanta seus clientes!


Dicas para criar vídeos virais

Você não precisa de um grande orçamento de marketing para criar vídeos com muitas curtidas, compartilhamentos e comentários. De fato, nos melhores aplicativos de vídeo para seu iPhone ou Android variam de R$ 12,99 a R$ 49,99.

Nem todo vídeo pode ser editado como em um editor avançado, então, aqui estão algumas dicas principais:

  1. Planeje o que você quer dizer antes (mas não exagere);
  2. Reduza o ruído de fundo;
  3. Adicione legendas (há software grátis para isso);
  4. Mantenha o sol atrás de você se estiver do lado de fora;
  5. Evite conflitos entre luz natural e artificial, por exemplo de pé junto a uma janela;
  6. Lembre-se da regra dos terços: imagine que o tiro seja dividido em 9 partes iguais. Leve as pessoas ao ponto focal principal, colocando-o ao longo dos pontos de interseção.
Veja também:  como o estresse piora o problema

Como você pode ver, o vídeo pode ser usado de maneira eficaz em qualquer estágio da jornada do comprador e não se restringe apenas a vendas ou marketing.

E os vídeos mais eficazes nas mídias sociais não estão realmente “vendendo”, mas apoiando e ajudando seus compradores e clientes a cada passo de suas jornadas.

 

Diego Andrade é formado em Gastronomia com 10 anos de experiência em grandes restaurantes e apaixonado por marketing e negócios digitais.

 

Foto: Banco de imagens

Banner KingHost

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *