Menu fechado

Como usar sobras da ceia para um almoço delicioso; veja receita

Como usar sobras da ceia para um almoço delicioso; veja receita

Aquela fatia de peru seca, a farofa que virou uma maçaroca, o pernil duro… o horror do almoço do dia seguinte à ceia de Natal. Quem nunca fez um prato qualquer com os restos da ceia e comeu direto da geladeira? Afinal, comer gelado pode ser melhor do que tentar esquentar e varrer para sempre o último traço de umidade dos pratos.

Eu nunca fui fã das comidas mais tradicionais dessa época. Mas uma das coisas que mais amo na vida é pegar uma coisa aqui e outra ali para fazer um mexidão. Então, decidi fazer por aqui um guia de reaproveitamento de sobras para o dia 25 de dezembro, com direito a receitinha!

  • ARMAZENAMENTO: deixar as carnes fatiadas parece uma boa ideia, além de ser mais fácil de guardar na geladeira. Mas quem faz isso já pode esquecer qualquer traço de umidade restante. A melhor solução, sempre, é armazenar pedaços inteiros, especialmente se estiverem com ossos. Se for impossível, o ideal é que as fatias sejam regadas com algum molho ou com alguma gordura (azeite, manteiga de ervas, gordura de porco…) para que não ressequem na geladeira. Mas atenção com os molhos muito ácidos. Eles também podem ressecar as carnes.
  • MOLHOS E FUNDOS: ao assar as carnes, nunca descarte a borra que fica no fundo da assadeira. Junte a ela um pouco de vinho, caldo de legumes e deixe reduzir até engrossar. Esse caldo pode ser coado e virar o maior aliado tanto na hora de servir quanto na hora de reaproveitar os pratos no dia seguinte.
  • ESQUENTA-PRATOS: abandone de vez o hábito de colocar travessas abarrotadas no forno. As carnes tendem a secar ainda mais e passarem (muito) do ponto. Na hora de requentar, dê sempre preferência a frigideiras e panelas, sempre aliadas a um pouco de líquido (caldos e molhos). Para grandes quantidades, se for indispensável usar o forno, mantenha o alimento úmido e cubra as travessas com papel manteiga.
  • CASTANHAS MURCHAS: aquelas oleaginosas que compuseram lindamente a decoração da ceia podem ser o elemento crocante que você precisa para reavivar o prato no dia seguinte à ceia. Para recuperar sua textura e atenuar ainda mais seu sabor, basta colocá-las em uma frigideira bem quente e saltear por alguns segundos até que fiquem tostadas. Castanhas ficam ótimas em farofas, arrozes, saladas ou misturadas com grãos.
  • GRÃOS E VEGETAIS: usar e abusar dos grãos e vegetais para repaginar os pratos é uma excelente saída. Desfie o pernil para fazer um arroz incrementado, ou use o chester em cubos e um molho de laranja para transformar o cuscuz marroquino. Na receita a seguir, por exemplo, usei sobras de pernil de cordeiro para fazer uma salada morna de lentilha com cebola crocante. Confira!

SALADA MORNA DE LENTILHA COM CORDEIRO E CEBOLA CROCANTE

  • INGREDIENTES:
  • 300g de pernil de cordeiro desfiado armazenado em seu próprio caldo;
  • 1 xícara de lentilhas cozidas
  • 1 limão
  • 1 cebola roxa em cubos
  • 1 cebola branca em tiras
  • 8 tomatinhos cereja cortados ao meio
  •  ½ pepino em cubos
  •  ½ xícara de nozes picadas
  • Pimenta síria moída
  • Azeite
  • Sal
  • Hortelã fresca
  • 2 colheres de sopa de homus ou de pasta de grão de bico
  • Farinha de trigo
  • Tahine
  • 1 dente de alho

MODO DE PREPARO:

Refogue a cebola roxa em uma frigideira e acrescente o pernil de cordeiro já desfiado. Caso ele esteja muito seco, acrescente um pouco de água ou caldo e deixe cozinhar até amolecer. Junte a lentilha, tempere com a pimenta síria e corrija o sal. Reserve.

Em uma tigela, junte à mistura os tomatinhos e o pepino em cubos. Em uma panela, coloque as nozes para dourar e acrescente à mistura. Pique algumas folhas de hortelã e tempere tudo com limão, sal (se necessário) e azeite.

Para a cebola crocante: seque bem as fatias de cebola com papel toalha. Em uma tigela, coloque um pouco de farinha de trigo e acrescente a cebola. Em seguida, frite em óleo quente até dourar.

Para a pasta de grão de bico: deixe os grãos de bico de molho por, no mínimo, quatro horas. Cozinhe na panela de pressão com água por 25 minutos. Bata em um processador com um dente de alho, uma colher de tahine, limão, sal e azeite.

Artigo Original

Veja também:  o que significa e como fazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *