Menu fechado

Como usar o verbo “atender”? Professor de português ensina

Como usar o verbo “atender”? Professor de português ensina

Tire todas as sua dúvidas sobre a regência do verbo “atender” na última coluna do ano do professor Diogo Arrais

Muitos brasileiros dedicam-se ao universo dos concursos públicos. Língua Portuguesa é de extrema importância: na compreensão textual, na redação, nas questões gramaticais.

Uma questão sempre presente: como estudar o verbo “atender”?

Na visão do eminente gramático Napoleão Mendes de Almeida, constrói-se, indiferentemente, com acusativo ou dativo, ou seja, complemento com preposição ou não:

“O senhor não atendeu ao pedido.”

ou

“O senhor não atendeu o pedido.”

ou

“O senhor não atendeu a oração.”

ou ainda

“O senhor não atendeu à oração.”

Então, deduz você que o citado verbo tem a regência meramente facultativa. Certo? Depende! Hoje em dia, as bancas examinadoras de respeito seguem os preceitos de Celso Pedro Luft, no Dicionário Prático de Regência Verbal. A visão de Luft, além de lógica, atende à proposta de um concurso público: selecionar. Vejamos?

Se o complemento for um pronome pessoal referente a PESSOA, só se empregam as formas objetivas diretas:

“O diretor atendeu os interessados.”

Logo,

“O diretor atendeu-os.”

Dedutivamente, se o complemento não for pessoa, atendendo à sintaxe clássica, há a presença da preposição:

“O prefeito atendeu ao nosso requerimento.”

e

“O prefeito atendeu às necessidades da cidade.”

Tradicionalmente, então, o sujeito atende ao telefone para atender o cliente (diferenciando-se a pessoa do objeto qualquer). Como disse, a visão de Luft, normalmente adotada pelos examinadores, segue uma interessante linha de raciocínio capaz de promover a seleção dos candidatos.

Veja também:  Como instalar o Telegram Messenger no Ubuntu

Muito obrigado, caro leitor! Este espaço sobre a nossa Língua, a Palavra e a Comunicação já tem quase sete anos.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Autor Gramatical pela Editora Saraiva
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *