Menu fechado

Como montar um PC [de barato a gamer… e bom!] | Computador

pc gamer / Unsplash

Montar um PC “ideal” é algo um tanto relativo. Antes de pensar em comprar qualquer peça, é importante definir para que você precisa deste desktop: jogar, trabalhar, uso casual? Neste guia, daremos algumas dicas para identificar o seu perfil de uso antes de investir num PC novo e também algumas opções de hardware.

Vale deixar claro que este não é um guia definitivo de como comprar com 100% de assertividade o computador da sua vida, mas um caminho para você fazer escolhas o mais próximo possível do que deseja economizando, assim, seu tempo e principalmente seu dinheiro.

Vamos nos ater, em específico, a falar apenas dos componentes montados dentro do gabinete. Temos também algumas dicas aqui de como comprar um monitor, caso queira investir no pacote completo.

Para que você precisa deste computador?

Descobrir qual a sua necessidade de um PC é a chave para investir com consciência, especialmente em tempos de crise e dólar nas alturas (que reflete pesado no preço das peças).

PC casual

Esse perfil é voltado para os que usam o computador, na maioria das vezes, em atividades na internet, como visitar sites, checar e-mails, assistir a vídeos, e etc. Também se encaixa para executar programas mais leves, como editores de texto (tipo Microsoft Word ou Google Docs), por exemplo. É aquele desktop com o custo-benefício “mais em conta”.

É possível usar um PC casual para tarefas mais complexas, como usar editores de imagens e vídeos, ou mesmo jogar? Então, você pode tentar, mas há uma grande chance do desempenho desses softwares ser bem abaixo do que se espera deles, ou mesmo de sequer funcionarem.

Veja também:  COMO MONTAR UMA CAIXA DE ATENDIMENTO DE FIBRA ÓPTICA DA PRESLEY pt1 [Vídeo]

Sugestões de hardware para PC casual:

Nvidia

  • GeForce GTX 1650 Super ou GeForce GTX 1660 Super, Core i5/Ryzen 5, 8GB RAM

AMD

  • CPU: Athlon 3000G, GPU onboard: Radeon Vega 3 Graphics, 4GB RAM

Computador / quarto - imagem ilustrativa (por: PxHere)

PC de trabalho

Um PC casual pode ser tranquilamente usado para trabalhar, desde que seja com tarefas simples, com o uso de programas que não exigem muito poder de processamento. No caso do “PC de trabalho”, deste tópico, focamos num perfil para o uso de softwares que exigem uma quantidade moderada a alta de performance do desktop.

Se encaixam nessa categoria profissionais que atuam, por exemplo, na criação/edição de imagens, edição de vídeos, edição de áudio, e etc. Máquinas assim precisam aguentar executar, por vezes, várias tarefas complexas ao mesmo tempo. Softwares como Photoshop, Final Cut, iMovie, Adobe Premiere Pro, After Effects – e suas variadas versões – exigirão bastante desempenho.

Sugestões de hardware para PC de trabalho:

Nvidia

  • GeForce RTX 2070 Super, CPU Intel Corei7 ou Ryzen 7, 16GB RAM

AMD

  • CPU: Ryzen 7 3800X, GPU: RX 5700 XT 8GB, 32GB RAM (também sugerido para um PC gamer)

PC gamer

A primeira coisa a se saber, ao decidir montar um PC gamer, é: você precisará de uma placa de vídeo. Inclusive, todo o seu computador para jogos deverá ser montado a fim de extrair o máximo do potencial possível desta GPU.

Os desenvolvedores de jogos estão começando a investir pesado em técnicas avançadas de iluminação, cores, sonorização, partículas, animação, física e por aí vai. Para tudo isso rodar, minimamente, dentro do aceitável para uma experiência agradável de gameplay, será necessário mesmo gastar um pouco mais.

Veja também:  Como fazer sorvete caseiro de amora para a sobremesa – Seleções Brasil

A boa notícia é que um PC gamer se encaixa bem para várias outras atividades, inclusive trabalhar com softwares mais pesados. Abaixo, você vê opções de setups para quem pode investir alto e para quem não pode gastar tanto assim, mas também quer ter uma máquina para jogar.

computador / duas telas / Pexels

Sugestões de hardware para PC gamer:

Nvidia

  • GeForce RTX 2060 (1080p), 2070 Super (1440p), 2080 Super (1440p ou mais), 2080 Ti (4k). Estas placas estão preparadas para receber o Ray Tracing e o próximo motor gráfico anunciado pela Epic;
  • CPU: Ryzen 5 3600x (ou superior) ou Core i5 9 geração (ou superior), 16GB RAM.

AMD

  • CPU: Ryzen 2600, GPU: RX 5500 4GB, 8GB RAM (para jogos antigos em alta qualidade e atuais em boas condições gráficas. Setup também satisfatório para games competitivos);
  • CPU: Ryzen 5 3600, GPU: RX 5600 XT 6GB, 16GB RAM (setup inicial para fazer livestream e jogar no mesmo PC).

Conclusão

Como dito no início deste guia, antes de escolher o seu computador, é importante definir para que irá mais usá-lo. Isso evitará pagar a mais por algo que possivelmente não vai usar ou, pior, montar um PC novinho que vai jogar a toalha no primeiro vídeo que tentar editar.

Novamente, este não é um guia definitivo (até porque depende do quanto tem disponível para investir), mas apenas uma ajuda inicial – com sugestões de hardwares (enviadas pelas próprias fabricantes) – para você realizar seu sonho de ter seu desktop.

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *