Menu fechado

Como ganhar dinheiro com ações? Ignore as análises

Segundo um estudo, analistas exageram no otimismo ou no pessimismo mais baseados no sucesso ou fracasso de outras empresas do que nas perspectivas de determinado papel

Nelson Antoine/Estadão ConteúdoPesquisa da Universidade Bocconi, na Itália, indica que a maioria esmagadora das análises é afetada pelo fenômeno da representatividade

Muitos investidores seguem as sugestões de analistas das corretoras e de bancos para montar seus portfólios. A princípio, faz sentido. Dá trabalho juntar todas as informações para decidir sobre um investimento. Por exemplo, é preciso aprender a ler relatórios sobre as empresas e entender o que dizem. Por isso, a opinião de um especialista, para muitos, faz toda a diferença. Trata-se, afinal de contas, de alguém que conhece o mercado, as empresas e também o ambiente econômico. Mas talvez o melhor seja fazer o oposto. Segundo um estudo da Universidade Bocconi, na Itália, a maioria esmagadora das análises é afetada pelo fenômeno da representatividade.

É comum julgar uma pessoa a partir de um estereótipo, por exemplo, existe a crença de que quem nasce na Irlanda é ruivo. Isso porque geralmente os irlandeses ruivos recebem mais destaque em filmes e programas de TV. Só que eles são só 10% da população do país. Há nove chances em dez de não se nascer ruivo na Irlanda, mas acabamos pensando o contrário devido à referência que usamos. No caso do mercado financeiro, os pesquisadores desconfiavam que analistas exageram no otimismo ou no pessimismo mais baseados no sucesso ou fracasso de outras empresas do que nas perspectivas de determinado papel. Por exemplo, se dada empresa de varejo repetirá a trajetória do Magazine Luiza, que se valorizou na Bolsa de Valores 22.893% de 2015 a 2020. Ou se uma empresa de telefonia vai passar pelos mesmos problemas da Oi, que hoje vale 1% do que valia nove anos atrás.

O problema é que tanto o caso do Magazine Luiza como da Oi são eventos muito raros e os resultados do estudo são implacáveis sobre o custo de se ignorar isso. Na média, em 35 anos, de 1981 a 2016, o rendimento anual das ações sobre as quais os economistas estavam mais otimistas foi de 3% ao ano. Já o grupo dos 10% de ações vistas com mais pessimismo rendeu 15% ao ano. Não quer dizer que analistas saibam pouco de seu trabalho, mas que são humanos. E, como tal, sujeitos a decisões equivocadas baseadas em vieses e estereótipos. E isso acaba tornando muitas análises pouco efetivas em captar a real possibilidade de um papel.

*

Quer organizar sua vida financeira? Conheça o curso “Faça as pazes com suas finanças” com Samy Dana. Acesse o site niucursos.com.br, e insira o cupom SAMYFINANCAS para ganhar 15% de desconto no valor total. Veja mais informações no vídeo abaixo:

Artigo Original

0 0 votos
Deixe sua nota! :)
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Sua opinião é importante para nós! ❤x
()
x