Menu fechado

Como fazer esta receita: alho em leite poderoso Remédio natural! – Fala Simões Filho

Fala Simões Filho - Notícias de Simões Filho e da Região

Problemas cardíacos: esta bebida reduz eficazmente os níveis de colesterol LDL, também conhecido como o mau colesterol, evitando a formação de coágulos, melhorando, assim, o sistema circulatório.

Curar icterícia: o alho é ótimo para eliminação das toxinas indesejadas do corpo. Esta propriedade é devido ao fato de que o alho ativa as enzimas do fígado.

Artrite: Consuma 2 copos diariamente, você reduzirá os sintomas da artrite, incluindo a inflamação e a dor.

Insônia: ajuda a aliviar os problemas de sono, devido aos compostos calmantes contidos no alho.

Tosse: combinado com açafrão, esta bebida é excelente para o tratamento da tosse persistente. O alho tem efeitos antibacterianos potentes, o que o torna um incrível remédio contra a tosse. Você pode também adicionar mel a mistura, assim você terá um excelente expectorante para se livrar da tosse.

Tuberculose dos pulmões: esta mistura é muito benéfica para o tratamento de doenças do tórax. Os componentes de enxofre do alho faz este remédio ser muito eficaz e ajuda no tratamento.

Colesterol: Consuma a bebida quente continuamente por uma semana, você vai reduzir os níveis de lipoproteína de baixa densidade (LDL), ou o mau colesterol, e você irá aumentar os níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL), ou o bom colesterol em seu corpo.

Saúde digestiva: as poderosas propriedades antissépticas do alho torna-o muito eficiente quando se trata de impulsionar o sistema imunológico e manter a saúde digestiva.

Você pode acrescentar esta receita no seu dia a dia de maneira muito simples, recomenda-se pela manhã e a noite ao deitar, mas você pode bebê-la na hora em que achar necessário, não existe regras para seu consumo. Tome de 1 a 2 copos (americano) por dia e pode ir variando de acordo com seu gosto.

Veja também:  Molho holandês: veja como fazer este molho perfeito para servir com ovos, carnes e batata frita - 27/06/2020

Artigo Original

Se você tem alguma dúvida sobre o universo Uber e demais aplicativos de transporte, conheça nosso parceiro: Mundo Uber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *