Menu fechado

Chupeta: como escolher a certa para o bebê?

Chupeta: como escolher a certa para o bebê?

No mercado atual, existem diversos tipos de chupeta à disposição das mães para escolher o melhor para seus filhos. Dessa forma, neste sábado, 21/11, a coluna Colo de Mãe, do Folha Go, vai mostrar como escolher a melhor opção.

Continuar depois da publicidade

Assim, leia também: Hora Do Descanso: Conheça 07 Dicas Para A Gestante Relaxar

Bebê usando chupeta – Imagem: Bebevestebem

Na matéria abaixo, vamos te mostrar que, com apenas alguns critérios, a escolha ficará bem fácil. Dê ao seu filho o melhor!

Continuar depois da publicidade

Por que a chupeta é tão importante para os bebês?

O uso da chupeta é importante, pois, as crianças, desde o seu nascimento, possuem uma necessidade natural de sucção. Isso  as acompanha até os 24 meses de idade, na maioria dos casos.

Continuar depois da publicidade

Nesse sentido, esse processo de sucção termina quando o pequeno se sente pronto para deixar de usar o acessório. Mas, na maioria das vezes, o intermédio dos pais é essencial.

Ademais, durante a sucção, o hormônio da endorfina é liberado. Isso faz com que os bebês se sintam mais tranquilos, tornando as chupetas poderosas formas anti-estresse.

Isso ocorre, inclusive, em momentos de dores, como as famosas cólicas. Portanto, muito mais do que “algo de chupar”, isso serve também como analgésico natural.

Portanto, confira mais: Momento chororô: 5 dicas para desembaraçar cabelo de criança

Como escolher a chupeta certa?

Para escolher a chupeta correta, alguns critérios precisam ser observados. Vejamos os mais importantes:

1.Idade da criança

O primeiro critério a ser observado para a escolha das chupetas certas para os bebês é a idade da criança. Dessa forma, há “bicos” para crianças prematuras, que são projetadas para bocas menores. Além daqueles de 0 a 6 meses, e a partir dos 6 meses de idade.

Veja também:  Como escolher um novo smartphone para comprar? - TecMundo [Vídeo]

2.Chupeta de borracha ou silicone?

Outro critério importante é o material usado na fabricação. Estes podem ser de borracha ou de silicone.

Assim, as chupetas de borrachas são mais flexíveis, e feitas de material látex. Porém, precisam ser trocadas com frequência. Elas tendem a amolecer quando esterilizadas. Sem contar que são mais suscetíveis a alergias.

Já as chupetas de silicone são mais duráveis, mas também são mais caras do que as  de borracha. Sua vantagem é a redução dos riscos de alergia. Em contrapartida, como desvantagem, tem a tendência de rachar quando muito lavadas.

3.Modelo da chupeta

No momento da escolha da melhor chupeta para os bebês, o modelo também se encaixa em um dos critérios de seleção. Nesse sentido, há padrões fisiológicos, que são aqueles que se adaptam as bocas das crianças. Isso reduz os ricos de má formação dos dentes.

Há também os padrões noturnos, que evitam que os bebês se machuquem durante a noite. Dessa forma, eles não terão o sono prejudicado.

4.Orçamento

O quarto critério que se deve manter em mente é o orçamento. Isso porque existem bicos extremamente caros, assim como existem aqueles com maior custo benefício.

Portanto, as considerações para a escolha da chupeta ideal para os bebês devem ser realmente levadas em conta. Assim, seu filho não terá problemas, ficará feliz e você não jogará dinheiro fora com um objeto inadequado.

Ademais, você também pode gostar: Brinquedos recicláveis fáceis de fazer: confira 5 dicas para economizar


Continuar depois da publicidade

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *