Menu fechado

Câncer de estômago é o mais comum no Pará. Veja como evitar | Notícias Pará | Diário Online

Imagem ilustrativa da notícia Câncer de estômago é o mais comum no Pará. Veja como evitar

O câncer de estômago, também conhecido como câncer gástrico, é o quinto tumor mais comum em todo o mundo e o primeiro no Estado do Pará. Com a alta incidência da doença, é importante tomar cuidados e se prevenir para não ser acometido por esse tipo de tumor.

Neste sábado (29), celebra-se o Dia Mundial da Saúde Digestiva, e o chefe da Cirurgia Oncológica do Hospital Ophir Loyola, Alessandro França, observa que a prevenção de doenças e tumores digestivos começa com a adoção de um estilo de vida saudável. Medidas simples, observa ele, como uma dieta alimentar natural e exercícios físicos contribuem para a boa saúde digestiva. 

“Uma alimentação rica em frutas e verduras, sem abuso de alimentos industrializados, como salgadinhos e refrigerantes, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, não tomar remédios, sobretudo os antibióticos de forma desnecessária, realizar exercícios físicos periodicamente e a hidratação adequada só trazem benefícios para nossa saúde”, afirmou o doutor Alessandro França.

Ele explicou que a má alimentação, associada ao estresse e péssimos hábitos no dia a dia, leva aos sintomas do não funcionamento do aparelho digestivo com o aparecimento de azia, empachamento (sensação de estar sempre “cheio”), dor abdominal, diarréia ou obstipação intestinal (prisão de ventre), náuseas, vômitos, regurgitação.

O médico também frisou que se é o que se come. Ele recordou que o conhecido ditado traz uma reflexão sobre o que se escolhe como alimentos e ressaltou a importância da alimentação saudável para o bem-estar e a prevenção de patologias que afetam o corpo e principalmente à saúde digestiva.

O aparelho digestivo, explicou o médico, é responsável pela ingestão, digestão e absorção dos elementos nutricionais essenciais para o ser humano, e muitas vezes, o funcionamento dele é afetado por causa do estilo de vida e hábitos alimentares, o que pode provocar doenças como gastrites, úlceras e até mesmo o câncer.

ALIMENTAÇÃO IMPACTA NA QUALIDADE DE VIDA 

O Dia Mundial da Saúde Digestiva, celebrado anualmente sempre em 29 de maio, objetiva esclarecer a população a respeito da  saúde digestiva. A data foi criada pela Organização Mundial de Gastroenterologia (WGO), para levantar questões a cerca da alimentação e do mau funcionamento do aparelho digestivo que impactam diretamente na qualidade de vida.

A data também busca mostrar as consequências de uma rotina agitada e como o estresse, a falta de sono e o mau humor, além de outras doenças que impactam no aparelho digestivo e podem ser controladas a partir uma boa nutrição.

Chefe da Cirurgia Oncológica do Hospital Ophir Loyola, Alessandro França ressalta que grande parte dos cânceres do aparelho digestivo estão relacionados à saúde digestiva, como os cânceres  de esôfago, estômago cólon e reto. Foi o que aconteceu com Rafael  Brito, 34 anos, autônomo, morador de Marabá. Há  quatro meses, Rafael começou a sentir uma mudança em relação à digestão dele. Toda vez ele que comia se sentia “empachado”, tinha dor, enjôos e vômito, e resolveu buscar ajuda médica.

No Pará, entre os cânceres que afetam o aparelho digestivo, o câncer de estômago é o mais incidente. No Brasil, é o câncer de cólon e reto. Hoje, aproximadamente 600 pessoas estão em tratamento no hospital Ophir Loyola contra algum câncer do aparelho digestivo: esôfago, estômago, cólon e reto. 

O Hospital Ophir Loyola é considerado um Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON) porque tem condições técnicas, instalações físicas, equipamentos e recursos humanos adequados à prestação de assistência especializada de alta complexidade para o tratamento de todos os tipos de câncer.

Artigo Original

0 0 votos
Deixe sua nota! :)
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Sua opinião é importante para nós! ❤x
()
x